Avaliação Institucional
ENADE

O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), que integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), tem o objetivo de aferir o rendimento dos alunos dos cursos de graduação em relação aos conteúdos programáticos, suas habilidades e competências. 

O Enade é realizado por amostragem e a participação no Exame constará no histórico escolar do estudante ou, quando for o caso, sua dispensa pelo MEC. O Inep/MEC constitui a amostra dos participantes a partir da inscrição, na própria instituição de ensino superior, dos alunos habilitados a fazer a prova. 

Integrante do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), o ENADE é um sistema de avaliação que se diferencia do antigo programa de avaliação do Exame Nacional de Cursos (Enc), feito pelo governo passado. Possibilita, em um curto espaço de tempo, a avaliação da totalidade das áreas da educação superior. O Prof. Amir Limana, coordenador do ENADE, lembra que, em oito anos de ENC, foram avaliadas 26 áreas, sendo apenas quatro áreas da Engenharia (neste ano serão avaliados todos os 49 cursos de Engenharia, agrupados em sete grandes áreas.) Em três anos de ENADE serão avaliadas 52 áreas de conhecimento (13 áreas no primeiro ano, 19 no segundo e 20 no terceiro). Esse universo só será possível de ser atingido porque o atual sistema utiliza o método amostral, avaliando as áreas de três em três anos, diferentemente do programa anterior, que era anual. 

Para os estudantes da área tecnológica e das licenciaturas que prestarão o ENADE/2006 o Prof. Limana salienta que estejam no local pré-estabelecido para a prova uma hora antes. O período para responder as questões é de quatro horas. “Responder as questões significa das a oportunidade ao coordenador do curso e ao reitor conhecer as potencialidades da graduação, bem como aos próprios estudantes conhecerem as suas próprias potencialidades e eventuais problemas”, orienta.

 

Como fazer a inscrição no ENADE?

 

As instituições de educação superior são responsáveis pela inscrição de todos os estudantes habilitados ao ENADE, além de serem responsáveis também por divulgar amplamente, junto ao seu corpo discente, a lista dos estudantes habilitados ao ENADE, antes do envio do cadastro ao INEP. 

Recomendamos que o estudante entre em contato com o coordenador do seu curso para obter esclarecimentos sobre sua inscrição no ENADE. 

O estudante selecionado deverá realizar a prova do ENADE no município de funcionamento do próprio curso.

 

Quem irá elaborar o exame?

 

As provas do ENADE são elaboradas e aplicadas por entidades, contratadas pelo Inep, que comprovam capacidade técnica em avaliação, segundo o modelo proposto para o ENADE, e que tenham em seus quadros profissionais que atendam a requisitos de idoneidade e competência.

 

O ENADE é obrigatório?

 

Sim, porque de acordo com a Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004, Art. 5º, § 5º: o ENADE é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação, sendo inscrita no histórico escolar do estudante somente a sua situação regular com relação a essa obrigação, atestada pela sua efetiva participação ou, quando for o caso, dispensa oficial pelo Ministério da Educação, na forma estabelecida em regulamento.