Documento confere ao aluno competências e habilidades a cada módulo concluído

Alunos do 3º Módulo dos Cursos de Processos Gerenciais, Gestão de Recursos Humanos e Design Gráfico do UNIVEM receberam, na noite da última terça-feira (2), os Certificados Intermediários. O evento foi realizado no auditório Shunji Nishimura e contou a participação da Pró-reitora de Pós-Graduação, Profª Drª Raquel Ferraroni Sanches, do coordenador dos cursos do Instituto Superior de Tecnologia (IST), Prof. Leandro Tenório, de docentes, convidados e familiares dos alunos.
Com o intuito de inserir, ainda mais, os alunos na realidade do mercado, foi realizada a palestra “Profissional com propósito: seja o protagonista de sua carreira!”, ministrada pela empresária Sandra Matunoshita; e Talk-Shows: “RH e os Desafios de Hoje e Amanhã”, com a gestora de RH  Isabel Afa e “Design Gráfico: Da Criatividade à Prática”, com os designers Diego Pimentel e João Vitor Garcia.
De acordo com o coordenador dos cursos do IST/UNIVEM, Prof. Leandro Tenório, as certificações intermediárias materializam o conteúdo estudado a cada módulo. “As certificações permitem uma progressão e valorização no currículo do aluno, e isso é visto de foram positiva dentro das empresas”, disse.
Segundo ressaltou a Pró-reitora de Graduação, Profª. Drª. Raquel Ferraroni Sanches, as certificações intermediárias, entregues ao final de cada 400 horas de curso, permitem aos alunos comprovar suas habilidades e competências junto ao mercado de trabalho ainda durante a graduação. Um importante diferencial dos cursos superiores de Tecnologia do UNIVEM. “Essas certificações conferem ao aluno, e ao profissional que faz o curso, competências e habilidades para atuar em determinada área dentro da empresa, e isso valoriza o currículo do aluno. Essas certificações demostram a pró-atividade do aluno e da instituição”, afirmou Raquel Sanches.
Pesquisa realizada pelo Instituto Superior de Tecnologia (IST) aponta que 95% dos alunos estão engajados em organizações ou trabalhando por conta própria e os 5% restantes já foram encaminhados para entrevistas e propostas de estágios remunerados.


 

 

COMENTÁRIOS