Evento contou com a presença do Doutor em Direito, Prof. Horácio Vanderlei Rodrigues

De olho nas novas diretrizes curriculares que devem ser implementadas até o final de 2020 e inserido no processo de inovação que permeia todos os cursos do ensino superior, o Centro Universitário Eurípides de Marília – UNIVEM, por meio do Curso de Direito, realizou na noite da última sexta-feira, aula magna, com o Prof. Dr. Horácio Wanderlei Rodrigues, um dos principais especialistas sobre Educação Jurídica do país.

  
Doutor em Filosofia do Direito e da Política e Mestre em Instituições Jurídico-Políticas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Horácio Wanderlei Rodrigues é Sócio fundador do Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito (CONPEDI) e da Associação Brasileira de Ensino do Direito (ABEDi). É, também, Pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) . Publicou diversos livros e mais de uma centena de artigos em coletâneas e revistas especializadas, principalmente sobre Ensino e Pesquisa em Direito, Direito Educacional, Direitos Humanos, Teoria do Processo e Direito Processual.
Segundo ele, as instituições comprometidas com a qualidade de ensino estão preocupadas em preparar seus alunos para a atuação no Direito, voltada para o século XXI, onde a tecnologia exigirá dos profissionais novas competências. “Se as faculdades não se preocuparem com isso, corremos o risco de gerar um exército de pessoas graduadas, mas não empregáveis. Quando se pensa em um curso de Direito para o futuro, é preciso pensar em um curso que gere empregabilidade, com profissionais conectados com essa nova realidade que envolve, não apenas, novas tecnologias, mas também um olhar global sobre Direitos Humanos, Educação Ambiental, entre outros”, afirmou. 
As novas diretrizes dos cursos de Direito foram aprovadas em Dezembro de 2018, e os cursos têm até dezembro de 2020 para se adaptar. Apesar disso, o Curso de Direito do UNIVEM já tem se adequado, ao longo dos últimos quatro anos, adotando metodologias ativas e resoluções de problemas, por meio do Núcleo de Práticas Jurídicas, Laboratório de Direito e Inovação, seminários e congressos. “As instituições que realmente fizerem, de forma efetiva, essas mudanças, sairão na frente. Há preocupação por grande parte das instituições em se preparar para as exigências que estão sendo feitas. Normalmente aquelas que tem grande aprovação na OAB, que tem tradição e qualidade, são as mais preocupadas”,   destacou o Doutor em Direito, Horácio Wanderlei Rodrigues.
O UNIVEM é a instituição com mais alunos ingressantes, mais alunos formados, alto índice de aprovação nos exames da Ordem dos Advogados do Brasil e em concursos públicos.
Para o coordenador do Curso de Direito do UNIVEM, Prof. Edinilson Donisete Machado, a adequação às novas diretrizes tem sido implementada pelo UNIVEM de forma gradual. “Nós temos acompanhado a evolução das diretrizes há algum tempo e aplicado aquilo que o ensino jurídico tem nos orientado, inclusive com o uso das tecnologias, despertando os alunos para a visão do século XXI. Não podemos mais pensar o Direito como no século XIX, é necessário uma modernização da prática metodológica, bem como da inserção do nosso aluno no mercado”, disse.
“São as instituições de ensino que capitaneiam as mudanças que posteriormente permeiam a sociedade. E nós nos preocupamos em trazer esse processo de mudança para todos os cursos, inclusive, no Direito, com novas metodologias e processos de ensino-aprendizagem, proporcionando para os nossos alunos oportunidades ímpares”, frisou a Pró-reitora Acadêmica, Profª Raquel Ferraroni Sanches. 
Presente à aula magna,  o presidente da Comissão de Ensino Jurídico da OAB-Marília, Tayon Soffener Berlanga, destacou a preocupação do UNIVEM em oferecer aos alunos do curso de Direito uma formação acadêmica voltada às transformações e necessidades do mercado.  “Essa aula magna mostra a preocupação do UNIVEM na formação dos alunos. Essa resolução obriga todas as faculdades de Direito a se prepararem, e o UNIVEM e seus alunos saem na frente”, frisou.
O evento marcou, ainda, o lançamento dos livros “Curso de Direito no Brasil: Diretrizes Curriculares e Projeto Pedagógico” e “Educação Jurídica no Século XXI” de autoria do Prof. Dr. Horácio Wanderlei Rodrigues.


 

Doutor em Direito, Horário Wanderlei Rodrigues: “Há uma grande preocupação por parte das instituições, em se preparar para as exigências que estão sendo feitas”


 

Prof. Edinilson Donisete Machado, coordenador do curso de Direito do UNIVEM; Doutor Horácio Wanderlei Rodrigues e a  Profª Raquel Ferraroni Sanches, Pró-reitora Acadêmica do UNIVEM



COMENTÁRIOS