Organizado pelos alunos de Ciências Contábeis, evento teve o objetivo de formar líderes e discutir as mudanças no mercado

O UNIVEM, por meio do Curso de Ciências Contábeis, realizou na última quinta-feira, dia 03/10, o II Eu Contabilista – Inova Contábil. O evento debateu a transformação digital na área contábil, a partir de vivências apresentadas por especialistas na área. Participaram do encontro o Contador e Consultor, Moises Barbosa, o Controlador Contábil e Auditor Contábil e Fiscal, Khristoferson Teixeira da Paz e o Analista Financeiro e fundador da TBS, Marcos Amorim.

O II Eu Contabilista foi organizado pelos alunos do 2º ano do Curso de Ciências Contábeis do UNIVEM, com a orientação da professora Daniela Marinho. “Esse evento teve dois objetivos: trabalhar a equipe e formar líderes e discutir o quanto a tecnologia tem mudado o mercado contábil”, explicou Daniela Marinho.
Segundo destacou a coordenadora do curso, Professora Marlene Campos, a formação para o mercado de trabalho exige mais que o conhecimento teórico, exige a proatividade. “É preciso aliar o conhecimento às atividades que coloquem os alunos como protagonistas do próprio aprendizado. Essa é a visão empreendedora e inovadora que o UNIVEM oferece aos alunos”, frisou.
Conforme destacou a Pró-reitora Acadêmica do UNIVEM, Professora Raquel Ferraroni Sanches, inserir o aluno no centro do processo traduz o novo conceito de formação proposto pelo Centro Universitário, é a chamada “metodologia ativa”. “Os alunos contam, criam e constroem a própria história, sempre com o apoio e orientação da instituição. Vivemos um processo de transformação ao qual a tecnologia e os alunos protagonizam um novo momento para o UNIVEM”, ressaltou.
Para os alunos, estarem à frente do evento foi uma experiência única. “Esse envolvimento faz com que sejamos profissionais aptos e diferenciados no mercado”, afirmou a aluna Milena de Oliveira Rodrigues, integrante da comissão organizadora.
Para o aluno Adriano Possidônio, a organização do evento despertou os alunos para a importância do trabalho em equipe. “Ninguém faz nada de forma individualizada. Saímos da ‘caixa’ e descobrimos as habilidades e competências de cada um para organizar o encontro.  Um grande aprendizado para todos!”, disse.

“Poder mostrar a evolução da contabilidade, discutir sobre a transformação digital na área e, ainda, trazer esse assunto para os alunos com profissionais de renome, certamente, é uma experiência que vamos levar para toda vida”, destacou a aluna, Carolina Bacchi Martiliano.

 

 

COMENTÁRIOS