Ambientes de inovação geridos pelo Centro Universitário foram apresentados ao Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações

 

O Reitor do Centro Universitário Eurípides de Marília – UNIVEM, Dr. Luiz Carlos de Macedo Soares e o Pró-Reitor de Inovação e Desenvolvimento Institucional, Prof. Dr. Elvis Fusco, estiveram na última quarta-feira (20), em Brasília (DF),  participando de importantes reuniões com o senador Major Olimpo e com o Secretário de Inovação e Empreendedorismo, Paulo Alvim, do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.  O objetivo foi apresentar os ambientes de inovação e todo o sistema gerido pelo UNIVEM, - Centro Incubador de Empresas de Marília (CIEM), Centro de Inovação Tecnológico de Marília (CITec-Marília), Arranjo Produtivo Local de Tecnologia da Informação de Marília (APL TI Marília) e Asserti,  a importância do ecossistema de inovação e tecnologia de Marília no Estado de São Paulo, e pleitear recursos para a viabilização do Parque Tecnológico de Marília.

Desde dezembro de 2017, com credenciamento provisório do  Parque Tecnológico,  Marília passou a ser a primeira cidade do Estado a ter o credenciamento de um Parque Tecnológico no modelo do Sistema Paulista de Ambientes de Inovação, lei criada em 2014 que dá apoio e suporte aos parques tecnológicos, com o objetivo de atrair investimentos e gerar novas empresas intensivas em conhecimento ou de base tecnológica, que promovam o desenvolvimento econômico do Estado. O credenciamento possibilita o recebimento de recursos do governo estadual e federal para edificar toda a estrutura básica para a instalação de empresas de base tecnológica e centros privados de pesquisa, desenvolvimento e inovação.

Os ambientes de inovação geridos pelo UNIVEM, e credenciados pelo governo do Estado, colocaram o município entre as cinco principais cidades do Estado em Tecnologia da Informação e inseriram oficialmente o município dentro do Mapa da Ciência, Tecnologia e da Informação criado pela secretaria da Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo. 

Segundo explicou o Pró-reitor de Inovação e Desenvolvimento Institucional do UNIVEM, Prof. Dr. Elvis Fusco, o objetivo é pleitear recursos junto à Secretaria de Inovação e ampliar, ainda mais, as parcerias com o Ministério. “Nós já temos parceria com o Ministério, inclusive com projetos de P&D – Pesquisa e Desenvolvimento, com a indústria em geral, utilizando a Lei de Informática do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações”, ressaltou.

Para o reitor do UNIVEM, Dr. Luiz Carlos de Macedo Soares, o Parque Tecnológico vai ser um divisor de águas para Marília e região. “Não estranhe se em 10 anos Marília for reconhecida como o Vale do Silício do Brasil”, concluiu.


COMENTÁRIOS