Prof. Dr. Adérito Fernandes Marcos destacou a importância dos ambientes de inovação e das parcerias firmadas pelo Centro Universitário

O Centro Universitário Eurípides de Marília – UNIVEM, mantido pela Fundação de Ensino Eurípides Soares da Rocha, concedeu o Título de Professor Honoris Causa, ao Diretor de Pesquisa, Catedrático da Universidade Aberta de Lisboa, Portugal, Prof. Dr. Adérito Fernandes Marcos.
O evento foi realizado no auditório Shunji Nishimura e contou com a presença da comunidade acadêmica, membros do Conselho Universitário (Consu), autoridades e convidados.
Em março deste ano, o UNIVEM e a Universidade Aberta de Portugal, firmaram acordo de cooperação nas áreas da educação, pesquisa científica e tecnológica. 
Segundo destacou o Reitor do UNIVEM, Dr. Luiz Carlos de Macedo Soares, além da inserção internacional da instituição no cenário europeu, o acordo irá possibilitará que os alunos, professores e pesquisadores do UNIVEM realizem atividades de ensino, pesquisa e inovação em cooperação com pesquisadores da universidade de Portugal. "Ao conferirmos esse título, reconhecemos a importância, não apenas dessa parceria, mas, principalmente, da qualidade intelectual e da contribuição do catedrático para nossa academia”, frisou o Reitor.
Responsável pelas ações do acordo de cooperação pelo UNIVEM, o Pró-reitor de Inovação e Desenvolvimento Institucional, Prof. Dr. Elvis Fusco, destacou a importância da atuação em redes de cooperação e de intercâmbio científico, tecnológico e cultural com instituições congêneres nacionais e internacionais como um diferencial do Centro Universitário. “Não é possível mais pensarmos na instituição de forma regional. Hoje, o conceito de informação é globalizado. Esse acordo internacional com a Universidade Aberta de Portugal demonstra, novamente, o protagonismo de atuação do UNIVEM no cenário da educação superior no País”, concluiu Elvis Fusco.
Para a Pró-reitora de Graduação do UNIVEM, Prof.ª Dr.ª Raquel Ferraroni Sanches, a parceria com a Universidade Aberta de Portal irá agregar, ainda mais, conhecimento e possibilidade aos alunos do UNIVEM. “Vamos oferecer para Marília e região cursos de graduação, mestrado e doutorado em parceria com a Universidade Aberta ampliando a validade do diploma desses alunos para mercado europeu", salientou.
A convite do UNIVEM, o homenageado, Prof. Dr. Adérito Fernandes Marcos, visitou, na última semana, todo o ecossistema de inovação e empreendedorismo, mantido pela instituição, bem como as ações realizadas em parceria com o poder público e empresas de Marília e região. Segundo ele, um mecanismo importante para o fortalecimento das pesquisas e para o desenvolvimento de novas tecnologias. “Sinto-me orgulhoso de receber esse título, e principalmente, de perceber o quanto a realidade implantada no UNIVEM está alinhada com os propósitos da Universidade Aberta de Portugal que tem como foco a investigação científica”, agradeceu.

 

DISCURSO POR OCASIÃO DA OUTORGA DO TÍTULO “PROF. HONORIS CAUSA” PELO CENTRO UNIVERSITÁRIO EURÍPIDES DE MARÍLIA

 

Magnífico Reitor do Centro Universitário Eurípides de Marília (UNIVEM) e Presidente da Fundação de Ensino Eurípides Soares da Rocha de Marília, Doutor Luiz Carlos de Macedo Soares; Magníficos Reitores, Magníficas Reitoras de Universidades e Centros Universitários presentes; Excelentíssimos Membros da Equipe Reitoral: Vice-Reitor, Doutor Luiz Fernando Cardoso; Pró-Reitores: Professores Doutores Elvis Fusco, Raquel Sanches, Lafayette Pozzoli e Marlene Souza; excelentíssimas autoridades políticas, religiosas e militares presentes e seus representantes: Prefeito de Marília, Dr. Daniel Alonso, pelo seu representante o Senhor Secretário Municipal Professor Doutor Cássio Pinto; o Senhor Presidente da Câmara Municipal, Dr. Marcos Rezende; Senhores Vereadores; Excelentíssimas autoridades científicas e pedagógicas do UNIVEM, Coordenadores das áreas Científicas e Pedagógicas; Responsáveis dos projetos pedagógico-científicos; Excelentíssimos Professores e Professoras do UNIVEM; e de outras Universidades e de Escolas de Marília e do resto do Brasil e mundo; Excelentíssimos Senhores Empresários e Beneméritos Presentes; uma especial referência à Fundação Shunji Nishimura de Tecnologia, agradecendo a presença do Senhor Chikao Nishimura; amigos e amigas da Casa de Portugal de Marília; caros Funcionários, Estudantes e Diplomados do UNIVEM; minhas Senhoras e meus Senhores, presentes nesta sala e a acompanhar esta cerimônia dos quatro cantos do mundo através da transmissão vídeo.

-----

Hoje o UNIVEM outorga-me o título de Professor Honoris Causa, ou seja, por “causa de honra”, fazem de mim Professor deste importante Centro Universitário, desta Academia, inserida em uma cidade e região em pleno desenvolvimento econômico, Marília, Estado de São Paulo.
Por “causa de honra”, reconhecem na minha pessoa a capacidade para integrar o vosso projeto maior de construção de um espaço de criação, difusão e transformação de saber, sobretudo de saber-fazer conhecimento transformando-o em riqueza e desenvolvimento social.
Hoje cumpre-me dirigir-me a Vós com um misto de sentimentos; um sentimento de contentamento pela profunda honra de passar a fazer parte deste Projeto, desta Casa, desta Academia, desta Cidade, por consequência, parte deste Maravilhoso País. Mas também me acode um sentimento de responsabilidade acrescida; feito de uma Urgência em analisar, especificar e concretizar projetos porque o tempo urge para construir o Sonho de um Mundo Melhor; Projetos que ambicionem ir mais além; que potenciem ao máximo a capacidade de saber-fazer que o UNIVEM tem vindo a desenvolver, com dedicação, esforço e rigor, ao longo das últimas décadas, um trabalho constante e persistente superiormente dirigido pelo Magnífico Reitor Doutor Luiz Carlos de Macedo Soares e a sua Equipe. Urge a implementação de Projetos que cumpram o Sonho de um Mundo Melhor para todos, a começar pela formação e capacitação dos nossos jovens e adultos, contagiando-os da consciência que o saber ou o saber-fazer, como diz o nosso Povo, não ocupa espaço; e que só pela educação poderemos alcançar ser homens e mulheres melhores, em um mundo que, mais que ser competitivo, se deseja solidário e baseado nos valores de sempre: da Liberdade, essa que todos ansiamos porque é parte intrínseca do ser humano e da sua capacidade de empreender; do Respeito pelo outro, sempre diferente e sempre meu irmão, minha irmã; do Trabalho e do Brio Profissional, em plena consciência que somente estes podem gerar Verdadeira Riqueza e Realização; da Família, fundamento do Amor e do Carinho, que começa e se expande a partir do núcleo familiar; da Amizade, essa que torna os nossos dias alegres, porque faz de cada amigo, cada amiga, nossa Família; da Generosidade, desse Amor Misericordioso, Fonte de toda a Sabedoria, porque reconhece que somos todos parte de um mesmo e único Projeto de Humanidade.
Hoje, Magnífico Reitor, Excelentíssimos Senhores e Excelentíssimas Senhoras, cumpre-me transmitir-vos, por “causa de honra”, como Professor do UNIVEM, me cumpre ajudar a realizar o Vosso projeto maior, tornar esta Academia verdadeiramente Internacional, parte reconhecida e incontornável de uma Comunidade de Aprendizagem, de Educação em Rede, que fale a Língua de Camões, nas suas múltiplas variantes, dialetos e crioulos; uma Rede que vá de Lisboa, Porto ou Coimbra, em Portugal, a Díli, em Timor-Leste; passe por Maputo, Nampula ou Beira, em Moçambique; ou ainda Luanda ou Lubango, em Angola; para seguir por Brasília, São Paulo, no Brasil; ou ainda a Cidade da Praia, em Cabo Verde; vá até Lausanne, na Suíça; ou Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São João Del-Rei, Juiz de Fora, Santa Catarina, Manaus ou Curitiba, no Brasil; ou passe ainda pela Cidade do Cabo, África do Sul, ou Bissau, na Guiné-Bissau, ou mesmo, ligue São Tomé e Príncipe ou Boston no Estados Unidos da América ou ainda Paris, França; ou ainda que passe também por pequenas vilas e aldeias, desde a aldeia de Urrós em Mogadouro, Portugal, até Piratininga ou Rio Branco no Brasil; ou ainda Bemposta em Portugal até Angoche e Xai-Xai, em Moçambique, até Baucau em Timor-Leste ou Barra Bonita, no Brasil, etc. etc. etc. em suma, que ligue e torne Marília, parte dessa imensa Rede Global e ao mesmo tempo, também Centro do Mundo para todos aqueles que nela vivam e estudem e pesquisem orientados também para o Mundo.
Hoje, por “causa de honra”, sendo Professor Catedrático da Universidade Aberta de Portugal, irmano-me plenamente como Professor Honoris Causa com o UNIVEM, tanto pela Honra com pelos Deveres e Responsabilidades de um qualquer dos seus professores.
Hoje, por “causa de honra”, a Universidade Aberta de Portugal, uma universidade pública de ensino a distância, aberta ao Mundo e a caminho de se tornar plenamente uma Universidade Global, irmana-se com o UNIVEM, olhando o futuro com confiança.
Hoje, como diz Camões, ansiamos “O mundo todo abarcar e nada apertar”. E podemos acrescentar nós: só o mundo todo pode ser a nossa fronteira.
Hoje, por “causa de honra”, sou homenageado, com a plena consciência que a Vida me tem ensinado, que toda a homenagem só faz sentido na nossa curta passagem por esta Vida se for para servir um bem maior, i.e., o bem comum; que no meu caso é, em primeiro lugar, ajudar a divulgar e promover a minha Universidade Aberta de Portugal.
Esta homenagem, por “causa de honra”, é extensível à Universidade Aberta de Portugal, seus Professores e Funcionários, seus Estudantes e Diplomados, seus Amigos e Amigas, mas sobretudo extensível ao seu Reitor, Professor Paulo Dias, amigo e mentor, a quem envio uma especial saudação.

---

Hoje, Magnífico Reitor, Excelentíssimos Senhores e Excelentíssimas Senhoras, voltamos a afirmar bem alto, como no legado da esperança do industrial e benemérito Shunji Nishimura, “acreditamos no Brasil”; como “acreditamos em Portugal e em toda a Comunidade Lusófona de 300 milhões de pessoas”, espalhada por todos os cantos do mundo.

Hoje, Magnífico Reitor, Excelentíssimos Senhores e Excelentíssimas Senhoras, podemos afirmar como Michel Serres, pensador e filósofo francês, Professor Visitante da Universidade de São Paulo, recentemente falecido, em um documento datado de 1995, “(...) as universidades a distância, em toda a parte e sempre presentes, substituirão os campi, guetos fechados para adolescentes ricos, campos de concentração do saber (...)”, porque estamos, a Universidade Aberta de Portugal e o UNIVEM a caminho desse Ensino a Distância em rede e digital, aberto e em todo a parte, sempre presente.

---

Antes de terminar, permitam-me um agradecimento especial e duas citações: - Um agradecimento especial é devido ao Professor Doutor Marcos Luiz Mucheroni, da Universidade de São Paulo, pela amizade e pela visão em ajudar a fazer as coisas acontecerem no Brasil. Marcos, um forte abraço!
Citando Chico Xavier: “Cada dia que amanhece assemelha-se a uma página em branco, na qual gravamos os nossos pensamentos, ações e atitudes. Na essência, cada dia é a preparação de nosso próprio amanhã”. Esta homenagem, hoje, representa a preparação do Amanhã.
Citando Papa Francisco: “Apenas os que dialogam podem construir pontes e vínculos”.
Hoje, por “causa de honra”, dialogamos para construir projetos de futuro. Fazemos a nossa parte; e acreditamos que Deus proverá!
Dedico esta Homenagem à minha extensa Família, porque foi ela a minha primeira Universidade.
Magnífico Reitor, Excelentíssimos Vice-Reitor, Pró-Reitores e demais autoridades académicas do UNIVEM, hoje, por causa honra, contam com mais um Professor e um Amigo.
Cor meum in aeternum!
Muito Obrigado.
Tenho dito.

Marília, São Paulo, 10 de junho de 2019

 

Adérito Fernandes Marcos
Professor Catedrático da Universidade Aberta
“Professor Honoris Causa” do UNIVEM

 

COMENTÁRIOS